O sofrimento de uma mãe quando o filho adoece!

estomatite

 

Olá Mamães Toda Hora!

Todas bem?

Aqui em casa as coisas estão um tanto quanto tumultuadas! Há uma semana atrás o Léo começou com com umas bolinhas no rosto e corpo, típica alergia. Como ele havia tomado antibiótico, suspeitei de uma reação alérgica. Porém, na noite de terça para quarta ele acordou várias vezes chorando e dizia: “dodói, dodói mamãe” e apontava para a boca.

Achei que ele estava sonhando! Porém na manhã seguinte pedi que ele me mostrasse a língua e lá estavam algumas aftas! Mais uma vez achei que fossem só aftas, mas na noite da quarta-feira, eu e meu marido, pegamos lanterna e quando olhamos a boca dele, levamos um susto e corremos para o hospital.

Constatado, ESTOMATITE HERPÉTICA!

Sinceramente! Ver a boca inteira do meu pequeno tomada por aftas – lesões esbranquiçadas na parte central e vermelhas ao redor, foi um sofrimento sem tamanho. Tinha na gengiva, bochecha, língua, garganta.

Tratamento? Remédio para dor e esperar o ciclo (de 7 a 10 dias) passar!

Para quem conhece o meu Léo, ficar sem comer é sinal de problema! Ele nunca nega nada! Porém desta vez, está difícil fazer ele comer, beber e dormir! A dor é gigantesca (sei que é porque já passei muitas vezes por isso na minha infância) e não ter nada para fazer me dá uma sensação de inutilidade e impotência.

Hoje, ele acordou um pouco melhor e levei-o à odontopediatra dele! Já estava bem melhor! Na garganta já não tinha mais e, ela nos deu uma solução para limparmos a boca.

Tanto ela, quanto a pediatra nos orientaram a HIDRATAR muito ele! Apesar dele não querer tomar água, mamadeira, chá… pouco a pouco conseguimos dar algum tipo líquido.

Mas se eles sofrem, MÃE sofre muito mais! Uma amiga minha me falou ontem: “Só sofremos porque o amor é o maior do mundo”! Fato: se eu pudesse trocar com ele, certamente o faria. Mas não tem como! Então, o que nos resta nesta hora é paciência, colo, amor,e muito mais dedicação e atenção que nos dias normais.

E, além de tentar administrar esse sentimento de impotência, temos que conciliar com nossa vida profissional! Pois o Léo não pode frequentar a escola por ser uma doença viral. Assim, precisa ficar em casa! Desta forma, nos revezamos para conseguir dar a atenção e o colo de mãe e pai que ele precisa nessa hora.

Pois bem, só quero que esse ciclo passe logo e que meu pequeno melhore para meu coração voltar a ficar tranquilo.

Um beijo grande e bom final de semana a todas!

Comentários (10)

  1. Josi Mattos

    Olá Karine
    Matheus já teve isso! É um sofrimento muito dolorido para nós mamães,precisamos dar muito amor a eles e deixar eles confiantes que tudo vai passar.
    Melhoras para Léo

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      Obrigada Josi! O Léo já está melhor e se recuperou antes do que eu imaginava, mas o sofrimento é grande.
      Beijos pra vc e seu príncipe guerreiro.

      Reply
  2. Jennifer

    Oi o meu filho ja teve isso é muito ruim ele so conseguia comer um pouco de iogurte e sorvete mais derretido q refrescava o que é bom tbm é borrifar Hexomedine antes de comer pois “anestesia”!! Bem eu chorava muito em ver o Pedro Henrique pois ele tinha fome e vontade de comer e não conseguia eu e meu marido a gente não comia nada na frente dele pra não o ver sofrer mais!! Apos mais o menos 7 dias ele pediu pra fazer uma torrada de queijo eu lembro q comeu meia, ai sim eu chorei novamente mas de alegria então logo apos esse dia ele foi se alimentanto normalmente!!!! Uma dica gelatina ajuda bastante foi alimenta e é refrescante!! Melhoras para seu filho!!!!

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      Jennifer querida… que dor que dá né?
      Também borrifei hexomedine, dei muita gelatina e mucilon prontinho. Graças a Deus que em 4 dias ele se recuperou bem.
      Obrigada pela contribuição e mil bjs

      Reply
  3. Andreia Valenti

    Oi Ka
    Tenho dois filhos, um teve a estomatite o outro não. A estomatite não é grave mas só quem passa sabe o tamanho da dor em ver seu filho sem comer…. mas tudo passa e q passe logo logo para o Leo voltar a se alimentar bem novamente. Bjs

    Andreia Valenti

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      Tens razão minha amiga/vizinha! Graças a Deus passou rápido.
      bjs cheios de saudades

      Reply
  4. Candida

    Verdade Ká! Parece que nosso sofrimento nunca acabará! Tiraríamos a dor a qualquer custo!! Sorte que passa e a gente até esquece!! Bjs

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      Bem isso amiga…
      Hoje estamos enfrentando mais uma nova…
      Força na peruca sempre.
      Bjs e obrigada pela contribuição.

      Reply
  5. Dilce

    Karine, quando fiz meu post no Grupo das Mamães já estava em desespero, mas em seguida, ao ler o seu relato, me identifiquei e me acalmei. Mesmos sintomas, mesma dor, mesmo diagnóstico. Que sofrimento, que dor! A cada lágrima de Nicoly meu chão desabava um pouco porque lá se ia sete dias nessa tortura. Ao vê-la levar as mãozinhas à boca, inclusive, de madrugada, que não conseguia dormir, me cortava o coração. E o processo é lento, e o ciclo precisa se fechar. E a gente precisa esperar. E veja só, embora mãe de Nickolas de 12anos nunca havia passado por isso. Cada filho uma história de amor, único, e a gente não mede esforços para vê-los bem. Simplesmente obrigada e obrigada.

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      Oi Dilce…
      Que bom que te ajudou!
      É bem isso! Temos que esperar o ciclo se fechar e sofrer junto com eles!
      Mas mesmo assim, fiz tudo que estava ao meu alcance para evitar maior sofrimento. Mediquei durante à noite conforme orientação da pediatra e tudo foi melhorando. Graças a Deus mais essa passou!
      Mil beijos e fiquem bem.

      Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>