Dormir bem para poder crescer!

sono

Olá Mamães Toda Hora, todas bem?

Hoje é terça feira, dia de especialista!

A mãe, parceira e psicopedagoga Leítcia Casonatto dará sequência ao que venho escrevendo sobre o sono do Léo… sobre às noites que enfrentamos aqui! Priorizo muito a boa qualidade de sono do meu filhote e jamais acordo ele… deixo ele dormir até que ele quer! Assim, ele acorda mais tranquilo e querido aproveitando melhor os momentos conosco.

De uma maneira clara e objetiva ela nos dá uma luz e consegue fazer com que a gente se localize diante da faixa etária dos nossos filhos. Lembrando sempre que cada criança tem seu tempo!

Boa leitura!

Bjs

*****************************************************************************************************************************************

O sono do filho…. esse é um dos assuntos que domina as rodas de conversas das mamães.

Seu filho dorme bem? Quantas horas de sono é importante para o seu desenvolvimento saudável? Quando é a hora de tirar o sono da tarde? Na escolinha ele deve dormir?

O sono das crianças é sempre uma preocupação dos pais, e com razão, pois ele tem importância fundamental para o aprendizado, a memória e a criatividade. É durante o sono que se libera a hormônio do crescimento e para que os bebês cresçam e se desenvolvam de uma forma saudável o seu sono tem de ser de qualidade.

As crianças recebem uma quantidade enorme de informações todo o dia e o respeito ao sono é imprescindível, influenciando inclusive no desempenho escolar das crianças maiores. O número de horas pode variar de uma criança para outra, além disto esse número também varia de acordo com a idade. Muitas vezes são as próprias crianças que sinalizam o momento que o soninho da tarde já não é mais necessário, mas é preciso ficar atento que elas estejam dormindo uma quantidade de horas adequada para a idade.

É necessário entender também que cada criança tem necessidades individuais de sono e esta característica permanece presente ao longo de toda a vida. Uma criança que dormiu suficientemente durante o dia, estará feliz, dinâmica, carinhosa e participará em atividades lúdicas.

Recém-nascidos

Os bebês recém-nascidos costumam dormir de 18 a 20 horas por dia. Contando que mamam a cada três horas e levam uns 30 a 40 minutos por mamada, dá para concluir que, se não estão dormindo, estão mamando.

Bebê de três meses de vida

Nesta idade, o bebê deve dormir entre 13 a 15 horas por dia, sendo por volta de cinco horas durante o dia e, o restante, à noite. Durante a noite, o bebê ainda acorda uma a duas vezes para mamar, sendo importante, manter o quarto na penumbra e não conversar com o bebê, para ele entender que é hora de dormir.

Entre seis e doze meses de idade

Neste período, o bebê dormirá de 12 a 14 horas por dia. Ainda há um soninho de manhã, geralmente de uma hora e um soninho de umas duas horas à tarde. Como nesta fase o bebê já come um jantar e mama antes de dormir, ele já tem “combustível” para dormir uma noite inteira sem ter que acordar para mamar. Entre um e três anos de idade

Geralmente nesta idade a criança dorme de 10 a 12 horas por dia. Muitas já não dormem mais pela manhã, mas ainda dormem de 1 a 2 horas à tarde. Seu sono da noite é de mais ou menos 10 horas. Nesta fase, a criança já entende bem o que é dormir, sendo que, muitas vezes, luta contra o sono. As crianças costumam seguir a rotina familiar e, por este motivo, é importante que se adote um ritual noturno, para que seja estabelecida uma rotina favorável ao sono. Entre três e cinco anos de idade

Crianças nesta faixa etária precisam dormir entre 10 e 12 horas por noite. A maioria já não dorme mais à tarde. Aos três anos, as crianças costumam ter mais medo de tudo, inclusive do que não dava medo antes, como o escuro, por exemplo.

Entre cinco e doze anos de idade

Nesta idade, as crianças devem dormir por volta de 10 horas por noite. O ideal é calcular a hora de deitar com base na hora de acordar. Crianças maiores tendem a querer ficar acordadas até mais tarde vendo TV, jogando videogames ou batendo papo na internet. Todas estas atividades acabam estimulando o cérebro em um horário em que ele deveria estar mais relaxado, para que o sono venha. Este me parece o maior desafio para os pais hoje em dia, mas a disciplina deve prevalecer, para favorecer a saúde.

 

E a hora do soninho na Educação Infantil?

As crianças maiores já não têm mais essa hora na sua rotina, muitas vezes por uma rotina e organização escolar diferenciada. As creches e escolinhas costumam manter essa rotina muitas vezes até com as crianças de 5 anos. É importante preparar um ambiente acolhedor e tranquilizador para os bebês se entregarem ao sono, pois é um ato de amor e de cuidado. Quem trabalha com crianças pequenas sabe que a criança que não descansa, e/ou que não dorme durante sua rotina escolar, costuma apresentar comportamento irritadiço. O sono é um grande aliado para o bom desenvolvimento do bebê e deve ser objeto de estudo e planejamento por parte da instituição de Educação Infantil que respeita os ritmos biológicos e culturais das crianças e que prima por uma educação infantil de qualidade.

 

Sugestão de história para crianças:

Camila não quer dormir!

*****************************************************************************************************************************************

 

Foto-Leti-217x300Letícia Casonatto é pedagoga, especialista em Psicopedagogia, Neuropsicopedagogia e Inclusão Escolar. Atuou como professora por 13 anos em escola particular e há 7 anos atua na Clínica Jeito de Ser. É mamãe do Joaquim de 4 anos. “Ser mãe é vivenciar diariamente tudo o que aprendemos um dia, mas acima de tudo ver que o sentimento e o coração é o que nos move em cada decisão.”

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>