Qual a sua prioridade?

LEO-36

 

Olá Mamães Toda Hora, todas bem?

Hoje gostaria de falar sobre algumas reflexões que andei fazendo esta semana.

Não sei se perceberam, mas na sexta passada não consegui publicar no blog. Me senti culpada por estar negligenciando um trabalho que amo muito. Porém, o motivo que não me permitiu fazer isso, foi outro trabalho que estava envolvida. Neste momento, percebi que hoje as coisas definitivamente mudaram. Em outros tempos (antes de ser mãe!) jamais deixei de cumprir com algum trabalho em que estava envolvida, mas sexta passada, isso aconteceu e esta semana também.

Antes eu varava as madrugadas para dar conta das minhas atividades. Hoje, com o Léo, a minha prioridade é ele.

Percebo que não vale mais a pena tentar dar conta de tudo, de querer fazer tudo, de atender a tudo e a todos… Estou aprendendo a dizer não para mim. De saber respeitar meus limites.

Por exemplo, deixei de ir à academia este mês para conseguir dar conta da minha família e dos meus compromissos profissionais. Estou sentindo falta, mas não estava conseguindo fazer nada direito.

Para conseguir dar um treinamento semana passada em outra cidade, e ficar uma noite longe do meu filho (o coração apertou muito, mas superamos!) abri mão de atender no meu consultório para ficar com o Léo até a hora de eu ir.

Esta semana, fomos surpreendidos por outra estomatite no Léo! Só que desta vez foi muito pior. Por mais que já sabíamos o tratamento e o que deveríamos fazer, nos preocupamos muito mais pois ele não comia, não bebia, só chorava, rejeitava a medicação, não dormia e vomitava. Nossa! Foi um sufoco!

Para conseguir atendê-lo, desmarquei meus pacientes por dois grandes motivos: O Léo precisava muito de mim, do meu carinho, da minha paciência, do meu conforto e, o outro motivo, é que meus  pacientes não mereciam ser atendidos por alguém que não estava por completa! Infelizmente, ainda não inventaram um dispositivo para as mães que as auxiliem nesta hora.

Neste momento em que estou escrevendo esta coluna, o meu marido veio ao meu encontro pois não estava conseguindo fazer o Léo dormir. Larguei tudo e fui lá ver o que estava acontecendo. E o que ele queria? Colo de mãe!

Não adianta, na hora do desconforto, da dor é disso que eles precisam!

Mas, quais são as minhas prioridades?

Meu filho, minha família, meu trabalho e minhas amigas! Sim, tudo isso são prioridades! Mas largo tudo, tudo o que estiver fazendo para atender as necessidades do meu filho.

Isso também é ser mãe! É saber abrir mão de muitas coisas em prol do filho! Estou errada?

Mesmo que para isso você precise deixar de lado seu papel de mulher, esposa, filha, amiga, profissional!

Esta semana não consegui ler e responder e-mails, deixei clientes esperando, pacientes sem atendimento, marido de lado, alunos sem respostas para as atividades! Fiz o que estava ao meu alcance e o que consegui fazer dentro dos meus limites. Estou há três noites sem dormir e com o coração na mão! O que mais quero é ver meu filho bem, e farei o que estiver ao meu alcance para amenizar o seu desconforto.

Não é porque deixei coisas por fazer, pessoas para atender que não as valorizo e não me sinto mal por isso. As valorizo muito! São as pessoas para quem trabalho, para quem presto meus serviços que me tornam viva e em constante evolução, mas percebo que sou humana e tenho meus limites que precisam ser respeitados.

Só sei que hoje quem está no topo das minhas prioridades é o Léo. Com ele entendi que o amor de mãe é mais forte que tudo, mais verdadeiro que tudo. É um amor que não obedece as leis, é um amor sem reservas… É infinito! Ele me faz ficar obstinada e a fazer o que for preciso por ele. É diferente de qualquer coisa no mundo e não existe nada melhor, maior e verdadeiro! Faço e farei o que for preciso por ele pois o amo com todas as minhas forças!

Ser mãe é tão sublime que não há comparação! Amor de mãe é doação!

E para vocês Mamães Toda Hora, qual é a sua prioridade?

Beijos e bom final de semana!

Comentários (6)

  1. Andrea Boeira

    A mais pura verdade e realidade, ser mãe é priorizar o filho, estamos vivendo em um mundo caótico, de correria, onde nos sentimos culpadas se não conseguimos abraçar o mundo!
    Temos que voltar a priorizar e viver cada minuto, curtir o momento!
    Graças ao bom Deus, já compreendi e consigo priorizar a família, sem culpa ou cobrança !!!

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      Vocês me ensinam muito!
      Precisamos nos livrar desta culpa ridícula e pensarmos na melhor maneira de vivermos os momentos com a família.
      Bjs e obrigada pela contribuição.

      Reply
  2. sami

    Que lindo!!! Fiquei emocionada…..concordo 100% contigo!! Abro mão de qualquer coisa peli Davi!! Ele, sempre, em primeiro lugar…e isso não significa que as outras pessoas ou compromissos não têm importância, mas em primeiro plano o filhote!!!

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      Que bom Sami… é justamente isso, tudo e todos são importantes, mas a prioridade é o filho. Bjs e obrigada pela contribuição.

      Reply
  3. Juliana

    Muito verdadeiro!! Estou vivenciando uma situação onde me vejo entre meu trabalho..minha filha…e minha mãe hospitalizada…mas a família sempre em primeiro lugar. Mas meu coração dói em não poder dar mais atenção e ficar mais tempo com minha filha, neste momento em que minha mãe tb requer minha atenção e dedicação. E ainda tenho consciência que qnd estou com ela não estou por completo, pq minha cabeça continua lá no leito daquela UTI com minha mãe.Com fé e esperança sei que esse momento vai passar, e minha pequena vai ser recompensada por td isso, ao mesmo tempo que o coração fica apertado e triste cada vez que tenho que deixa-la.

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      Juli querida, como deve ser difícil esse momento. Certamente sua filha entenderá e terá muito tempo para estar curtindo as coisas com você.
      Milhões de pensamentos positivos e que isso tudo passe logo.
      Minhas orações estão com você.
      Bjs e obrigada pela contribuição.

      Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>