Mãe é chata?!

LEO-24

 

Olá Mamães Toda Hora, todas bem?

Não sei vocês, mas estou bastante cansada, porém bem entusiasmada com as coisas que andam acontecendo em minha vida. Mas, devido ao cansaço (natural de final de ano) me percebo mais chata que nunca. Não sei como é para vocês, mas aqui em casa ando me irritando seguidamente com algumas coisas, talvez pequenas coisas, mas que se tornam monstros na minha cabeça.

Por sinal é sobre isso que quero falar hoje.

Lembro que antes de ser mãe, bem antes de eu engravidar, estava visitando uma amiga minha que era uma mãe de primeira viagem naquela época e me deparei com uma lista na geladeira dela dividida em duas colunas assim denominadas: tarefas da mamãe X tarefas do papai. Achei aquilo o máximo e estava certa de que faria o mesmo quando fosse mãe.

PIADAAAAAA!!!!!  Juro que tentei, mas cada dia percebo mais e mais que a gente puxa a enxada nos próprios pés.

É natural que a carga maior fica com a mãe. Desta forma, muitas das coisas “chatas” são feitas por nós. Pelo menos aqui em casa é assim.

Em algumas vezes, dependendo do meu humor, de como foi meu dia, me irrito profundamente, principalmente quando vejo meu marido brincando e se divertindo com o Léo e fazendo aquela bagunça. Mas porque me irrito? Porque enquanto a diversão acontece na sala, no quarto, no corredor, no banheiro, na cozinha (pela casa inteira e com tudo que se tem direito)… a mãe aqui está preocupada com as tarefas e em organizar as coisas para o dia seguinte (alguém precisa fazer a parte CHATA!). Parece que quanto mais quero organizar, quanto mais me planejo, mais eles bagunçam e parecem não estar nem aí para mim (acho que nem estão mesmo!!!)… Respiro, conto até dez, respiro novamente e quando vejo já estou reclamando e enchendo o saco deles.

Amo meu marido e percebo que a cada dia ele tem me ajudado mais. Estamos aprendendo a melhorarmos juntos. Mas acredito que a expectativa da mulher sempre está acima daquilo que o marido pode nos oferecer e, por isso, muitas vezes tenho me controlado e deixado as coisas como estão para tentar aproveitar esse momento com eles. Mas nem sempre consigo!

Desta forma, percebo que o Léo muitas vezes parece preferir o pai do que a mim e isso me dá mais raiva ainda. Não raiva por ele gostar e idolatrar o pai, mas por ele chorar somente com a ausência do pai, de pedir para o pai não trabalhar, de olhar para mim e dizer “tchau mamãe, pode ir ‘babaiar’ que eu fico com o papai pra brincar um ‘montiiiiii'”. Parece que eu só sirvo para coisas CHATAS!

Quem arruma a mochila? Quem organiza o quarto? Quem cuida das roupas? Quem lembra das medicações? Quem normalmente dá as medicações? Quem, muitas vezes, escova os dentes a força? Quem leva ao médico? Quem marca o médico? Quem pede para guardar as coisas? Quem tira coisas ou interrompe momentos de diversão para levar à escola? Quem muitas vezes precisa acordar o filho para levar à escola e não se atrasar no trabalho? (SIM, EU TRABALHO!) Quem fica controlando a bagunça na hora da refeição para não sujar tanto a cozinha? Quem precisa convencer o filho que a roupa do “homem aranha” está suja e não pode ser usada pelo segundo dia consecutivo e precisa ficar aguentando uma birra escandalosa onde o filho fica gritando “quero o papai, quero o papaiiiiiiiiii” (…)

Por isso, MÃE É CHATA! É muito mais divertido ficar com o Pai!

Mas se ser chata é proporcionar o essencial como alimentação, higiene, roupa, limites, regras, saber lidar com a frustação… SIM, me ORGULHO em ser CHATA!

Tenho certeza que um dia o Léo irá me agradecer (assim espero!) pela chatice diária… por querer mostrar a ele desde cedo de que existem regras, de que devemos respeitar os outros e que muitas vezes precisamos fazer algo que não temos vontade ou não podemos naquele momento.

E viva as CHATICES das mães!

E vocês mamães, qual seu nível de chatice?

 

 

Comentários (7)

  1. Fer

    Adorei o post, sou mais de primeira viagem de um baby de 24 dias, e ja passo por algumas dessas situações. Hehe
    E vou ser a mãe chata, : (
    Mas tem uma coisa q me deixa feliz, quando nossos pequenos estiverem chorando ou com algum problema..é a mamãe que eles vão querer. : )

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      Oi Fer…
      Mãe é a primeira palavra que eles chamam quando estão em apuros ou doentes…
      muito obrigada pela contribuição e parabéns por esse anjo.
      Bjs

      Reply
  2. Pri

    Bem isso, chata e brava!!!

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      Justo Pri… muito braba!
      Bjs e obrigada pela contribuição.

      Reply
  3. Sami

    Rindo até 2020!! Adorei! É bem assim…queria conseguir ser mais leve em alguns momentos…é um exercício diário, mas muito complicado! É muita responsabilidade e pressão que a gente carrega…..mas o melhor é que conseguimos dar conta e nossos filhotes são o reflexo disso, crianças felizes, amadas e bem cuidadas! E quando dá a gente brinca também! Beijocas mil!

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      hahahahahah… adorei o rindo até 2020…
      Como é difícil levarmos alguns momentos de forma mais leve, né? Mas acredito que estamos no caminho certo, pelo menos na educação dos nosso filhos…
      Obrigada pela contribuição… mil bjs

      Reply
  4. Pingback: Mãe é Chata!? | Mamãe Toda Hora - RSbloggers

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>