A espera de um bebê!

teste meu

 

Olá Mamães Toda Hora, todas bem?

Quando pensei eme escrever o texto de hoje, logo me veio em mente a coluna escrita pela nossa parceira, a psicóloga Mônica Vagliati, sobre ser Duplamente Feliz! Há um ano mais ou menos, eu já estava pensando em ter mais um bebê. O ano de 2015 foi passando, a vontade foi aumentando, comecei a fazer exames em julho, em agosto comecei a tomar o ácido fólico, e fizemos algumas tentativas (não muitas, mas aquilo que foi possível! kkkkk).

Tento em vista minha dificuldade em engravidar do Léo (levamos mais de 1 ano e meio) por problemas nas duas trompas, pensávamos que desta vez demoraria tanto ou mais!

No dia 26 de dezembro, já com dois dias de atraso na menstruação, olhei para meu marido e disse: Vai até a farmácia e compra um teste de gravidez, por favor! Ele foi e quando chegou fui correndo fazer. O resultado nos pareceu um pouco confuso (acho que foi a ansiedade do momento). Apareceram dois risquinhos, porém um era um rosa mais fraco que o outro.

Quando minha cunhada chegou (estávamos na praia) pedi para ela ler a bula do exame e ver o que ela achava! Ela riu, leu e disse: Parabéns cunha!!!!!

Não contente, no dia seguinte fomos novamente à farmácia e compramos outro teste, cheguei em casa e corri para fazer. Novamente positivo! Dois testes positivos já haviam me confirmado que estava grávida. Mas para ter certeza absoluta, fui em um posto de saúde solicitar uma requisição para fazer o exame de sangue. Dia 30.12.15 às 16h30 fiz o beta e, dia 31 às 14h55 consegui abrir o resultado pela internet e estava confirmadíssima minha gravidez de 4 semanas! Findei o ano de 2015 com esse presente e inicio 2016 com um bênção maravilhosa e planos para serem revistos.

Mas qual a diferença entre a descoberta da gravidez do Léo e esta?

1 – No início de dezembro, minha mãe me pediu que não engravidasse agora por causa das reportagens/casos do Zika vírus (já estava grávida e nem imaginava!). Quando descobri, juro que não consegui ficar muito feliz! Fui tomada por um medo gigantesco. Na do Léo eu chorei de felicidade, foi um momento lindo… desta vez não consegui curtir muito simplesmente por estar com medo. Não só do zika vírus, mas também por ter feito um monte de exames e medicações por uma dor que eu tinha (avisei aos médicos que estava tentando engravidar, mas mesmo assim o medo aparece!)

2. Na gravidez do Léo tudo era novidade! Agora sei direitinho o que vai acontecer e para que serve cada exame. É estranho, mas vou dizer que bate um medo maior. Sei lá, é difícil de explicar, mas quando existe o medo do desconhecido enfrentamos de uma maneira! Agora, quando o medo é conhecido o enfrentamento é outro.

3. Sim, cada gravidez é diferente! Me lembro de ter emagrecido uns 3kg nos três primeiros meses da gravidez do Léo. Tinham comidas que não “desciam” tinha repulsa, ficava nauseada. Na de agora, Jesus!!!!! O enjoo tá de matar! O pior é que sinto fome, mas depois que como me embrulha tudo, fica um gosto, uma sensação estranha na boca, na garganta, que fica difícil até para dormir. Até água me deixa enjoada. Devo já ter engordado uns 3 kg de tanto que comi antes de descobrir que estava grávida. Estava com um apetite de Leão!

4. Na gravidez do Léo passei os três primeiros meses me cuidando horrores! Não levantava peso, não fiz exercícios (na verdade parei os exercícios a gravidez inteira – muito feio por sinal!), tinha medo até de caminhar pois tinha a sensação de que pudesse perder o bebê. Agora, pego o Léo no colo (18kg) pois ele pede e não consigo negar, fiz caminhadas na praia e não passa pela minha cabeça que eu possa perder o bebê! É estranho, mas parece que agora eu sei o meu limite e o que posso (ou acho que posso) e o que não posso.

5. Cólicas são normais nos primeiros meses. Na do Léo eu não sabia disso e, a  cada cólica, me ditava e rezava para que não fosse nada. Hoje, sei que fazem parte desse período e procuro me aquietar um pouco quando elas aparecem.

6. Além de tudo isso, fico tentando me imaginar com dois filhos e confesso que bate um pavor. Já havia pensado e planejado isso antes, mas quando é real o pavor aumenta! Não só em relação ao dinheiro e contas que vão aumentar, mas em disposição, tempo, energia, paciência que vou precisar ter em dobro (as vezes em triplo, pois o marido também exige de mim algumas coisas e me atrapalha em outras). Sei também, que tudo se ajeita e que vamos dando um passo de cada vez! Mas sei que muita coisa tentarei fazer diferente do que fiz com o Léo, pois agora eu já tenho a experiência com acertos, erros e frustrações de uma mãe de primeira viagem!

Bom, além disso tudo, ainda não fui ao médico por algumas razões:

1- Estava na praia, de férias e não conhecia nenhum lá. Como é ruim se sentir desamparada, sem saber a quem recorrer!

2. Não consegui agendar consulta (pelo meu plano) com nenhum obstetra, pode isso? Nem na minha cidade e nem em cidades vizinhas. Ou não pegavam pacientes novas, ou não acompanhavam mais gestantes, ou só tinham horário para abril e, o obstetra que me acompanhou na gravidez do Léo ninguém atendeu no consultório. O que consegui de consulta foi para dia 16.01 sendo que a primeira teria que ser feito pagamento de consulta particular. Na hora aceitei, pois já estava apavorada por ficar tanto tempo sem saber como meu bebê está. (Nessas horas me pergunto qual é a função de pagarmos mensalmente uma quantia absurda para um plano de saúde!)

3. Para quem me conhece sabe que sou ansiosa e ficar esperando um consulta para realizar os exames estava fora de cogitação. Fui novamente ao posto que havia na praia e solicitei os exames que sei que o médico irá pedir. Assim, já vou na primeira consulta com os resultados (ou alguns deles) em mãos e não terei que esperar mais uma semana para isso.  Mas ontem, quando fui fazer os exames de sangue e marcar a ecografia, descobri uma outra obstetra e resolvi tentar ligar! Consegui uma consulta para dia 15.01 e pelo plano!

Ficarei um pouco mais tranquila depois da ecografia que farei segunda-feira de manhã! Parece que ver e ouvir nosso bebê e saber que está tudo certo com nossos próprios olhos tem outro significado.

Em breve estarei criando um canal no youtube no qual postarei vídeos curtos de passo a passo desta gestação, para que futuras mamães, mães de primeira viagem e mães de dois ou mais, possam se identificar e com isso, auxiliarmos umas as outras nessa tarefa mágica de gerar uma vida!

Um beijo grande da Mamãe Toda Hora de 2!

Comentários (10)

  1. Muriel

    Parabéns pela notícia, sempre acompanhei seu blog e o face me ajudou muuuuiiito com minha filha sempre é bom ter exmplos reais!
    Muita sorte e saúde nessa nova etapa!!!!

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      Olá! Que bom… fico feliz que vc esteja gostando do blog… Vamos ver se consigo incentivar outras mamães a terem o segundo!
      mil beijos!

      Reply
  2. Daiane

    Parabéns Karine, que notícia linda! Muita saúde para você e esse Bebezinho que está aí. Quem sabe lendo seus posts as mamães de 1 se animem a tentar o 2°… Beijos!!!

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      Obrigada Dai…
      Tentarei ser o mais verdadeira possível e deixar o mais claro possível, passo a passo, o que vai acontecer daqui por diante.
      Sempre quis ter dois filhos e aqui estou eu me aventurando… Mil bjs

      Reply
  3. juliane

    Parabéns!!!! Em breve nos aventuraremos numa segunda gravidez! Saúde pra vcs!!!

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      Obrigada… será uma linda aventura! Mil bjs

      Reply
  4. cristiane

    Karine .. aconteceu a mesma coisa comigo!!! Descobri ontem que estou grávida do meu segundo filho!! Fiz o teste para tirar a dúvida, minha filha tem uma ano e seis meses.Fiz o primeiro e apareceu a segunda linha beeem clarinha. Aí fiz o clear blue e deu de duas a três semanas. Mas não me contentei e fiz um exame de sangue e vi o resultado ontem às dez da noite!! Estamos muito felizes!! Seremos mamães 2016!!!

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      Parabéns a nós que seremos mães de mais dois lindos anjos…
      É inexplicável a sensação né?
      Bjs e obrigada pela contribuição!

      Reply
  5. sami

    Que emoção!!! ❤ paciência em dobro, mas amor também!!

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      Muita emoção amiga minha! E muita paciência!!!

      Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>