Pais, vocês estão preparados para seu filho entrar na escola?

IMG_0222

 

Olá Mamães Toda Hora, todas bem?

Quinta-feira o Léo inicia a adaptação na escola “grande”. Confesso que estou com o coração na mão, mas também sei que é essencial para o desenvolvimento dele.

Apesar de escutar da minha mãe (que está na praia), que ele poderia ficar ainda de férias, e que ele vai ter o ano todo pela frente e que é cedo para iniciar novamente o ano, eu acredito que o Léo precise entender que precisamos trabalhar e, adaptar ele na escola enquanto temos tempo.

As adaptações do Léo em escolas nunca foram agradáveis. Sempre difíceis, com muito choro e sempre pendurado em nosso pescoço. Fico sempre com o coração na mão…. e desta vez, não será diferente. Sei também que essa separação é essencial para o crescimento dele e nosso, por isso, tento sempre passar a maior segurança a ele com muito carinho e amor.

Ontem fui buscar o uniforme do Léo e ele amou… ficou desfilando pra lá e pra cá… mas hoje pela manhã, quando ele viu eu me arrumando para trabalhar e disse: “Mamãe, não vai trabalhar, fica aqui com Léo, deita do lado aqui mamãe… “Nossa.. me derreti mas já expliquei a ele dizendo que eu precisava trabalhar, para ter dinheiro para conseguir pagar as contas e comprar o que ele precisava. Na mesma hora ele respondeu: “Mamãe, tem dinheiro no banco, deita aqui e não vai trabalhar… Léo não quer…” Novamente disse que era necessário mas que ele ficaria com o papai e que logo logo ele iria para a escola também. Mais que depressa, ele me olhou com cara de sério, levantou o dedinho, me apontou e disse: “Não tem mais escola não mamãe, hum”

Nesse momento senti o drama que passarei nesta quinta-feira que está por vir.

Para isso, nossa parceira, mãe e psicóloga Mônica Vagliati, nos dá dicas para enfrentarmos esse momento de uma maneira mais saudável.

Beijos e boa leitura.

***************************************************************************************************************************

Não pense que só a criança tem de se adaptar ao início da vida escolar. Os pais também precisam de um tempo para assimilar essa nova etapa.

Confie na escola:  Os pequenos vão confiar na escola se perceberem que você também confia. Quando é indicação de amigos ou familiares, fica fácil.
Aproveite a troca entre pais :O processo de adaptação é uma oportunidade de os pais se conhecerem, interagirem e compartilharem sentimentos.
Lembre-se de que conquistas requerem esforços:  Existe uma tendência de os pais quererem superproteger os filhos, mas é importante lembrar que o ingresso na escola e as primeiras separações da mãe ou de casa fazem parte do processo de crescimento da criança.
Preserve a rotina da criança em casa :Não é hora de mudanças de cama, de quarto, retirada de fraldas, chupeta, mamadeira e coisas do gênero.
Adapte-se aos horários e tenha assiduidade :Um atraso pode deixar a criança insegura, com medo de que a mãe não volte, e dificultar a despedida e a permanência nos dias seguintes. Evite faltas, para que a criança se insira logo na rotina escolar.
Choros são normais :O choro não significa que a criança não está gostando da escola. É uma maneira de ela dizer que é difícil se despedir da mãe.
Tenha paciência :A maioria das crianças leva uma ou duas semanas para se adaptar à escola. Há algumas que levam dias e outras meses.

Segundas-feiras, voltas de feriados e especialmente de férias também são momentos delicados, em que choros e reclamações nas despedidas podem voltar a aparecer. O importante, então, é os pais, como sempre, conversarem com a escola, que vai atentar também para eventuais jogos emocionais feitos pela criança. Satisfeitos com a escola escolhida, acreditem que é o lugar onde tudo acontece pelo bom desenvolvimento e bem-estar da criança.

Boa sorte!

***************************************************************************************************************************

monicaMônica Vagliati é Psicóloga Clínica especialista em Psicoterapia Cognitivo Comportamental de crianças, adolescentes e adultos. Atua há 10 anos em consultório clínico na Clínica Espaço Equiliibrium. Instagram: PSIMONIVAGLIATI – Facebook: Psicologa Monica Vagliati

 

Comentários (2)

  1. catia

    adorei as dicas estou adptando minha pequena de 04 meses essa semana na escolinha não é facil doi muito mas em mim do que nela eu acho quando vejo ela chorar então quase morro,mas tento fazer de tudo pra que ela não perceba mas não é facil só quero que ela fique bem eu tb ficarei.
    um abraço

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      Olá Catia… Não é fácil não.. Mas nessa idade dói mais em nos que neles… Vejo que agora, quanto mais velho é o Léo, mais ele entende e mais difícil é…. Força, vai dar tudo certo. beijos

      Reply

Deixe uma resposta para Karine Callegari Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>