Dicas para aliviar a dor nas costas no pós parto!

13555927_1106818056049004_305541078_o

 

Olá Mamães Toda Hora!

Estou no último trimestre da gestação e várias dores começaram a surgir…

E, é neste clima, que hoje no dia de especialista, trago a coluna escrita pela mãe e educadora física Paula Paixão que nos dá algumas dicas para que possamos aliviar a dor nas costas!

Confiram!

Beijos

****************************************************************************************************************************************

Olá mamães toda hora, tudo bem com vocês?

Hoje vamos falar sobre dores nas costas no pós parto.

Durante a gravidez o centro de gravidade da coluna vertebral é deslocado em função do aumento de volume do abdome e, somando isso ao aumento de peso, é normal resultar numa dor na região lombar, principalmente no último trimestre da gestação.

Logo após o nascimento do bebê uma nova mudança ocorre em relação ao peso, e novamente a coluna sente, além disso, há também as questões hormonais que podem causar frouxidão nos ligamentos que unem os ossos pélvicos à coluna.

Também temos outro fator: logo que o bebê nasce a mãe (e o pai também) entram numa nova rotina, pegar no berço, colocar no berço, pegar e colocar na cadeirinha, ninar, trocar fralda, e também ao amamentar ou dar mamadeira, na maioria dos casos a mãe fica numa posição curvada e acaba tensionando o pescoço e os músculos cervicais.

Há alguns cuidados que podem ser tomados durante a rotina diária:

– Durante a amamentação: Traga o bebê até o seu peito e não ao contrário, as almofadas de amamentação auxiliam muito nessa hora, mas caso você não tenha pode utilizar almofadas e travesseiros;

– Ao pegar brinquedos no chão ou até mesmo o bebê, sempre flexione os joelhos e abaixe-se até o chão;

– Não estenda totalmente os braços ao pegar o bebê, mantenha seu cotovelo levemente flexionado e traga-o primeiramente para o seu peito;

– Entre no carro para colocar o bebê na cedeirinha/bebê conforto;

– Na hora do banho prefira suportes mais altos que estejam na altura da sua barriga, evitando assim que você fique inclinada por muito tempo.

Além disso, um programa de exercícios físicos, que pode ser iniciado na gestação, reduz esse incomodo. Mas lembrando sempre que são em média 2h por semana que você faz exercício, e que o resto do tempo em casa você deve se policiar para manter uma boa postura.

Se as dores forem muito fortes e persistirem por um longo tempo você deve procurar um especialista.

****************************************************************************************************************************************

paulaaPaula Paixão, Mãe do Davi, Educadora Física e Revendedora Anga Wrap Sling. Professora das aulas FIT Mamãe e Bebê. “…e quando você achar que já amou demais nessa vida, tenha filhos…” (Robert Frost)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>