Beijo na boca dos filhos, pode?

post

 

Olá mamães toda hora, todas bem?

O tema de hoje surgiu por uma demanda do grupo do facebook Mamãe de BG. Então corri para a parceira, mãe e psicóloga Monica Vagliati e, como sempre, prontamente me auxiliou com a coluna de hoje, considerada por muitos aversiva e que gera polêmica sempre.

Bom, confesso que o Léo está nessa fase e que as vezes ele me “rouba” beijos na boca. Sempre digo que não pode e que a mamãe só beija na boca do papai, porém tem vezes que acabo cedendo e ele me olha e diz “só mais um mamãe”!

Por isso, nada melhor que uma mãe e psicóloga, especialista em crianças para abordar esse assunto.

Obrigada Monica, obrigada de coração, tenho certeza que muitas mães se beneficiarão com seu texto.

Beijos

******************************************************************************************************************

Olá mamães! Como estão? Não me aventuro a escrever assuntos polêmicos, mas o pedido da Karine é uma ordem! Então, beijo na boca do filho, pode? Confesso que a Marina há um ano atrás estava com esse hábito. Eu virava o rosto na hora e ela puxava de novo. E verbalizava: “Não pode na boca, só bochecha!” Foi acontecendo por três meses até que ela entendeu e dizia: “Só bochecha, boca não!”

Em recente encontro da minha Especialização de Infância e Adolescência foi abordado a importância do Apego com as crianças. O quanto é importante na construção da sua personalidade o olhar nos olhos, o beijo, o abraço e o conversar no mesmo nível delas. E o mais importante LIMITES COM AMOR!

Ao beijar seu filho com selinho na boca ou aceitar que ele faça com você pode ocorrer uma pequena confusão na sua mente. As crianças são criativas em suas fantasias por natureza e pode gerar informações confusas. O que é amor de materno e paterno? E o que é amor romântico?

E sendo novamente ousada, abordando outra linha terapêutica …. Outro cuidado importante, deixar claro que a relação de namoro se dá entre a mãe e o pai. É comum que a menina se enamore pelo pai e o menino pela mãe, e muitas vezes esse tipo de comportamento estimula essa ‘paixão’, por isso os pais devem deixar claros os limites entre as brincadeiras e carinhos.

Esse hábito também gera confusão no âmbito social, o selinho frequente pode levar a criança a considerar natural esse tipo de manifestação entre amigos na escola, por exemplo, o que pode trazer problemas. Mas, se o beijo for entre crianças da mesma idade, relaxe. Não é preciso punir. Diga apenas que beijo na boca não é coisa de criança. É uma demonstração de amor e carinho entre adultos.

 

Se a família fizer questão de manter esse costume, orienta-se deixar claro que só o pai e mãe podem beijá-lo na boca. Mas essas bitoquinhas são polêmicas. Educadores dizem que, para a defesa da criança contra abuso sexual, a orientação deve ser outra. Que é preciso explicar ao filho que não é normal adulto beijar na boca de criança. E, se isso acontecer, ela deve contar imediatamente aos pais.

Deixar de dar selinhos no seu filho não prejudicará o estado emocional e psicológico dele. Em alguns casos, a aproximação física pode enviar uma mensagem confusa para os pequenos e até estimular uma sexualidade precoce.

Para finalizar, crianças são crianças, não beija na boca, não dorme na cama dos pais, etc. Trata-se de demarcar esses limites de maneira bem clara. Do contrário, fica difícil definir o papel do adulto e da criança. 

Um abraço a todos!

******************************************************************************************************************

monicaMônica Vagliati é Psicóloga Clínica especialista em Psicoterapia Cognitivo Comportamental de crianças, adolescentes e adultos. Atua há 10 anos em consultório clínico na Clínica Espaço Equiliibrium Instagram: PSIMONIVAGLIATI – Facebook: Psicologa Monica Vagliati – Informe-se pelo número 37021574

Comentários (4)

  1. Aline

    Simplesmente amei!!! Realmente um assunto bem polêmico… Nunca achei correto, mas como cada um sabe o que e melhor para seus filhos, nunca me posicionei diante dessas situações… Vou compartilhar!!! Mônica sempre uma excelente profissional… Beijos pra vocês!!

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      Obrigada por nos acompanhar! Ficamos felizes que tenha gostado!

      Reply
  2. Vanessa

    Adorei o texto!!! Obrigada

    Reply
    1. Karine Callegari (Post author)

      Obrigada!

      Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>